Um Zumbido Se Ergue

medico-adventista-responde-duvidas-sobre-o-zika-virus
Aedes Aegypti

 Ultimamente, com os boatos e notícias que circulam pelo país sobre a crise econômica, a (falta de) estrutura política, social, etc… Poucas coisas deviam assustar os brasileiros.

Mas, não. Ainda existem coisas que podem piorar! Como por exemplo a saúde. Um mosquitinho de origem africana tem tirado o sossego de muitos brasileiros e o mundo (não é só um problema do Brasil!). E não pelo zumbido característico de todos os mosquitos (que é irritante, convenhamos), mas pelo peso que vem junto a seu nome: Aedes Aegypti.

Antes o que preocupava era a possiblidade contrair dengue. Que não é uma doença recente. Ela é combatida no mundo desde o final do século XVIII. Porém só no século XX a OMS (Organização Mundial de Saúde) reconheceu como uma doença. Foi na década de 1960 que as Américas começaram a sofrer mais notavelmente com a doença.

Depois descobriram que a doença se subdividia em sorotipos de 1 a 4. Sendo o sorotipo 1 o estado mais leve e o 4 o mais grave. Desde a década de 1980 o Brasil vem sofrendo com essa praga que se alastra de forma vertiginosa e em qualquer lugarzinho com água parada. Antes acreditava-se que para a reprodução a água deveria estar limpa e agora se sabe que não. Ele se reproduz na água acumulada em pneus, pratinhos de vasos de planta, lixo… É complicado controlar uma epidemia quando se tem pouca contribuição da população. Não concorda???

Todos os sorotipos de dengue tem tratamento. Mas, para desespero dos homens e mulheres do mundo, descobriu-se que o mosquitinho/praga/peste/maldição pode transmitir outras doenças : Zika e Chikugunya.

“A Dengue e a Chikungunya têm sintomas e sinais parecidos, enquanto a Dengue se destaca pelas dores nos corpo, a Chikungunya se destaca por dores e inchaço nas articulações. Já a Zika se destaca por uma febre mais baixa (ou ausência de febre), muitas manchas na pele e coceira no corpo.” 
(Disponível em http://www.saude.ba.gov.br/novoportal/index.php?option=com_content&id=9496&Itemid=17 – Acesso em 16/02/2015, 11:25 a.m)

E o pior de tudo: acredita-se na possibilidade de que o vírus Zika possa ser transmitido por gestantes ao feto causando microcefalia (cabeça menor em relação a proporção do corpo). Acredita-se pois foi encontrado o vírus no líquido amniótico que envolve o bebê durante a gestação e também no líquido cefalorraquidiano, presente no sistema nervoso central de bebês que já nasceram e tiveram diagnósticos de microcefalia.

Ainda a outra questão: O zika pode ser transmitido por saliva e urina? Ainda não é um fato comprovado. Mas, não deixa de ser assustador. 

Sabemos que o melhor é prevenir que remediar. Então, tenho uma sugestão: Para erradicar de vez com essa praga, vamos colaborar umas coma as outras. Previna-se de todas as possibilidade de focos do mosquito. Jogue fora a água parada acumulada. Converse com seus familiares, vizinhos e amigos sobre isso, porque tem que acabar!

E uma outra coisa importante: Interceda por todas as pessoas que contraíram esses vírus, principalmente pelas mamães e papais que têm filhos com microcefalia, causada pelo Zika ou não.

Por: Elijance Marques

Blog: http://www.facebook.com/amorperfeitodedeus

Canal do Youtube: http://www.youtube.com/elijancemarques

Pinterest: http://www.pinterest.com/elijance

Instagram: @ElijanceMarques

Twitter: @lilyjance

Snapchat: Elijance

______________________________________________________________
💕 Envie seu Pedido de Oração: mulheresvirtuosasonline@hotmail.com

💕 Se você gostou deste post, clique em “Curtir” e compartilha  o link com suas amigas;
💕 Siga nosso Blog para saber das novidades;
💕 Comente aqui embaixo, pois sua opinião é muito importante para nós.

Anúncios
Esse post foi publicado em Conectadas, Dia em Dia, Donas de Casa, Pedidos de Oração, Saúde e marcado , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s